O tempo não existe: esqueça essa ideia e realize seus sonhos | Linda Por Dentro por Erica Hans

iStock_000052635356_Small

Uma das coisas mais inteligentes que uma pessoa pode fazer é desapegar da ideia de tempo.

Temos a ideia de tempo cronológico, onde o mundo acontece em anos, meses e segundas, terças, finais de semana e feriados.

Além disso, tem a ideia de tempo que não é anotado em nenhuma folhinha, mas que a gente também conhece: entrar na faculdade aos 18, casar antes dos 30, aprender ballet ou um instrumento na infância – ainda que essas ideias sejam totalmente arcaicas, elas estão impregnadas na sociedade.

Essa semana eu notei muitas pessoas no Facebook fazendo um “review” do seu ano – levantando os pontos altos, baixos, as coisas boas e ruins.

Fiquei me perguntando se as pessoas também fazem isso semanal ou mensalmente.

mafalda

 

Se a gente investir nosso tempo refletindo sobre cada pequena atitude, ou cada nova semana, será muito mais fácil ter um ano melhor. 

 

Falar sem pensar, brigar ou ofender, gastar de forma impulsiva, comer desenfreado são atitudes ruins para nós em qualquer época do ano, seja no sábado ou segunda-feira.

Será que a sua ideia de tempo faz sentido?

Real People:  Senior Adult Business Woman Presentation Small Gro

Será que é só na virada do ano que a gente tem novas metas? Por que não para hoje mesmo para refletir e começar amanhã?

Você só faz dieta na segunda-feira? Só se inscreve em um novo curso no começo do mês? Desistiu de aprender novas coisas por se achar velho? Entrou num relacionamento sem pé nem cabeça porque ia fazer 30?

Uma das coisas que eu aprendi é que a vida não tem horário nem dia pra acontecer nem começar.

A gente pode conhecer o amor da nossa vida numa segunda de manhã, e não só no sábado à noite.

Pode decidir parar tudo e começar a comer direitinho no meio do domingo a tarde.

Pode entrar na aula de violão com qualquer idade.

Começar uma nova faculdade no meio do ano.

Pode ter o ânimo para começar aquele projeto pessoal no meio das férias.

faujasingh

Fauja Singh,o maratonista que parou de correr com 102 anos

 

Siga o que a sua intuição e o seu coração está pedindo para você, independente da data.

Fazer o que nos deixa feliz não depende de calendário, idade ou época e sim somente da nossa vontade e dos nossos desejos.

Lembre-se: hoje é sempre um bom dia para começar.

escrito por
erica
Erica Hans tem 30 anos e quer que todo mundo seja feliz. Além disso, é sócia/diretora da Social Media St..
Veja Mais Posts sobre
17/12/2014

comentários
diga alguma coisa