I'm Sorry

Vale mais a pena brigar ou respirar fundo e manter a paz?

Ter cuidado com os detalhes é o que faz a diferença em qualquer relação, seja pessoal ou profissional. É aquele e-mail corporativo que você responde extremamente educado ao invés de ser frio e direto e torna o dia menos difícil.

Se você ler qualquer revista de moda ou decoração, lá vai estar a regra básica para “impressionar” em qualquer desses dois assuntos: atenção aos detalhes. A almofada com tecido diferente complementando o sofá, o “bonequinho” trazido de alguma viagem, a pulseira em cima do relógio, a bolsa com laço amarrado na alça…

“Os detalhes são a graça de qualquer produção. São eles quem fazem toda a diferença.”

O mesmo vale para relações entre pessoas. São segundos a mais que você vai tomar para incluir um “Olá Fulano, tudo bem? Será que você poderia por favor me lembrar de enviar o documento que eu havia pedido? Preciso muito dele para poder finalizar minha tarefa” ao invés de deixar a raiva tomar porque você já pediu 50 vezes e não recebeu. Uma respiração mais profunda na hora de responder o cliente exagerado também pode facilitar a sua relação profissional.

Com os amigos, apesar da intimidade, não podemos deixar de prestar atenção. Às vezes alguém está tendo um dia ruim ou um pouco mais sensível e pode se ofender com a menor das bobagens. Ao invés de pirar e rebater, explique o que você está sentindo. Um bom exemplo? Um amigo ficou com “frescura” por algo que você disse. Pergunte se ele está bem e precisa conversar, por normalmente não reagir dessa forma. Vai fazer toda a diferença.

Quando o assunto é família, as coisas ficam piores ainda. Por conta da mesma tal da intimidade, cruzar a linha do respeito é um escorregão facinho de dar. Não é porque sua mãe, irmã, pai e primos te perdoam e sempre vão estar lá por você que você pode tomar menos cuidado ao falar alguma coisa para eles.

devidos

A partir de hoje, preste mais atenção em cada pequeno detalhe e principalmente na forma como você fala com os outros, se comporta e reage quando te fazem algo que você não gosta. Paciência vale ouro. Precisamos um dos outros e vale mais a pena respirar fundo para contornar uma situação, tomar aquele cuidado na hora de responder algo que te irritou mas garantir que você e a outra pessoa poderão continuar vivendo em harmonia juntos do que ficar sozinho e achar que você está certo.

Como diria aquela frase – O que você prefere? Ter razão ou ser feliz?

Prefira a felicidade. E os detalhes podem te ajudar com que ela esteja com você sempre.

escrito por
erica
Erica Hans tem 30 anos e quer que todo mundo seja feliz. Além disso, é sócia/diretora da Social Media St..
Veja Mais Posts sobre
29/01/2015